Polícia conclui investigação, identifica corpos carbonizados e indicia envolvidos
Banner
 
Banner
Polícia conclui investigação, identifica corpos carbonizados e indicia envolvidos

   A Polícia Civil identificou a autoria dos crimes relativos a dois corpos carbonizados encontrados na manhã de 19de abril deste ano (sexta-feira, da semana santa), no interior de um veículo, em uma estrada rural que dá acesso ao distrito de Itamurí.


    A investigação levada a efeito pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP, com o apoio da Agência de Inteligência – AIP, da 4ª DRPC/Muriaé, revelou que as vítimas foram identificadas como José Renato Sérgio de Oliveira e Luciano de Paula Carneiro, conhecido como “Fisiquinha”.
    De acordo com a apuração, as vítimas sofreram uma emboscada na noite de 18 de abril, quando estavam chegando no acesso a BR 116, acompanhando um caminhão que transportava um trator e foram atingidas por diversos tiros sendo que, na sequência, os executores ainda atearam fogo no veículo onde estavam, para ocultar os corpos e dificultar a identificação. O motivo do crime, segundo levantado, seria o interesse dos executores no recebimento de um trator roubado pelas vítimas, no dia anterior (17.04), em Miraí, e escondido em uma propriedade rural, que fica nas proximidades de Itamurí.

    Segundo o delegado Tayrony Espíndola, Titular da DHPP e Coordenador da AIP: “Ao tomarem conhecimento de que o bem seria negociado com um comprador do Espírito Santo, os autores agiram em conluio com este, invertendo e assumindo pra si a posse do bem roubado, de maneira que eles ficassem com o trator roubado, ao invés dos verdadeiros autores do roubo”.

    Durante a investigação, que teve uma de suas fases deflagrada em Linhares/ES, com o apoio do PCES, seis pessoas, chegaram a ser presas sendo que, ao final, quatro foram indiciados pelos Crimes de Latrocínio, Ocultação de Cadáver, Associação Criminosa Armada e Coação de Testemunha.


    Os indiciados foram um casal de Miradouro, um homem de Orizânia e o rapaz de Linhares/ES, e já se encontram presos temporariamente e podem ter suas prisões convertidas em Preventivas, quando não há prazo específico para o seu encerramento.

Interligado Muriaé 
 
Banner
Banner
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner