Sargento da PM concorre ao título de Miss Minas Gerais
Banner
Sargento da PM concorre ao título de Miss Minas Gerais

A jovem conquistou o título de Miss Governador Valadares 2017 e vai concorrer a mais bela do Estado

     Dividida entre o glamour do mundo da moda e a correria contra a marginalidade, a Sargento da Polícia Militar, Késsila Miranda, de 24 anos, acaba de ganhar o título de miss da cidade de Governador Valadares, na região Sudeste do Estado. A jovem se prepara agora para concorrer  como a mais bela de Minas Gerais.

    A carreira como modelo começou quando Késsila tinha 18 anos e deixou a cidade onde nasceu e morou com a família, para desfilar e posar para catálogos de moda na Turquia.

    Por lá, a jovem morou e trabalhou por quatro meses, porém, seguir carreira militar sempre foi um grande sonho de Késsila. “Depois de voltar para o Brasil, comecei a me preparar para o concurso da PM, e em 2014 eu consegui entrar para a corporação”, conta.

   Com dificuldades para conciliar as duas profissões, Késsila optou por encarar os desafios da carreira de polícia e deixar o sonho da carreira na modelo um pouco de lado, mas nunca esquecido.

   A vontade de trabalhar novamente com a beleza veio à tona quando recebeu o convite para participar do concurso Miss Governador Valadares. “Fiquei receosa pela Instituição, com medo de ferir as regras. Mas com incentivo de amigos, percebi que disputar o título de miss não iria contra as normas da PM. Resolvi participar e ganhei”, afirmou a jovem que disputou o Miss Governador Valadares pela primeira vez em 2017.

    Késsila afirma que é impossível conciliar a vida de modelo com a de sargento, porém, é viável ser miss e policial, ao mesmo tempo. Nos dias em que está de folga da corporação, a jovem aproveita para se dedicar à carreira de miss cuidando do corpo com dietas e ginástica. “Eu acho que devemos fazer tudo que gostamos na vida. Eu sempre gostei de ser modelo, mas amo minha carreira na Polícia Militar. E, hoje eu consigo ser miss e PM, ao mesmo tempo. Uma até ajuda na outra” brinca.

    Na próxima semana a bela, que está locada na 4ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar em Belo Horizonte, vai concorrer ao título de Miss Minas Gerais. Para isso, a jovem tem se preparado muito. “Além de cuidar do corpo, eu voltei para o curso de inglês, que é recomendado para o concurso e estou fazendo um curso de oratória”, conta.

     Além das atribuições físicas, as concorrentes devem apresentar também um projeto social durante a apresentação. Késsila propôs uma ação que auxilia na ressocialização de menores infratores. “O projeto tem me ajudado muito como PM e espero que me ajuda como miss, também”, diz.

Raquel Penaforte / O TEMPO
 
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner